O cão negro


Olá leitores Cranela, hoje venho para falar sobre um tema sério que muitos (quase todos, acredito) conhecem, mas não sabem falar verdadeiramente sobre, ou não conhecem a gravidade do tema em questão. Sem mais delongas, hoje o tema é depressão, que meramente é conhecida como um estado emocional onde indivíduo se encontra tristonho, sem esperanças, sem desejo propriamente de viver. É isso, mas não somente, a depressão engloba diversos outros fatores, e é considerada o último estágio da dor humana, pelo autor Augusto Cury, algo coerente a se dizer visto que o indivíduo sofre, e por vezes não somente com a depressão em questão, mas com a não compreensão da mesma.


Os dados são alarmantes, cerca de 350 milhões de pessoas são afetadas, independente da idade, gênero e etnia. E 8 sintomas podem ser considerados típicos do quadro, o que não quer dizer que você esteja depressivo caso tenha alguns dele, ou os oitos, afinal o sentimento de tristeza afeta a todos nós, mas a frequência e duração é que deve ser verificada. Os oito sintomas se acometem em: estado profundamente deprimido, cansaço constante, muito sono ou falta de sono, muita fome ou pouca fome, dias ruins intermináveis onde as horas parecem não passar e nada bom acontece ou acontecerá, desejo de morrer ou medo da morte, choro constante, sentimento de angústia (vazio, dor no peito, nó na garganta), perda ou ganho de peso, falta de concentração ou dificuldades em memorizar algo.
Se você está familiarizado com esses sintomas, ou já teve convívio com alguma pessoa que sofreu de depressão ou ainda sofre, sabe o quanto são coerentes. De modo que o olhar nunca deve ser de julgamento, pena, ou qualquer sentimento do tipo para com o indivíduo, afinal o mesmo não está nesse quadro por desejo, então a compreensão é essencial.

O quadro tem sim resolução, e não se acomete apenas em vias medicamentosas, o tratamento deve ser voltado para a psicoterapia também, e é claro contando com o apoio do meio social, ou seja, dos familiares e amigos que cercam o indivíduo. Depressão não é brincadeira, deve ser levada a sério. Para ilustrar deixo aqui um vídeo famoso denominado: O cão negro. Precisamos falar mais sobre depressão, e iremos, objetivando uma vida saudável, não só do corpo, como também da chamada mente. 


Share:

0 comentários