Da infância pros dias de hoje: Pokemon Go!


A Nintendo, neste mês, decidiu fazer o mundo retornar a infância e se encantar com o anúncio do lançamento do Pokémon GO para 2016, um novo jogo da série com desenvolvimento em conjunto da Niantic, que atenderá as plataformas IOS e Android, o vídeo é inteiramente conceitual e abusa bastante deste termo, criando várias perguntas nas cabeças dos fãs sobre o que realmente vai ser o jogo e como ele será jogado.

Então vem com a gente entender mais,. Primeiramente, as informações que a Nintendo liberou para o público ainda são poucas e vagas, mas já sabemos que o jogo será de graça, porém terá a opção de compra de itens no jogo com dinheiro de verdade, itens como diferentes Pokebolas, o único problema aqui é se ele será um jogo “Pay to Win”, ou seja, para ficar forte e ganhar você teria que gastar dinheiro, ou se irá permitir essa evolução sem gastos.



Muitas das pessoas que viram o vídeo começaram a se perguntar como funciona o jogo. Ele irá utilizar o GPS dos aparelhos celulares, logo provavelmente a função de captura de Pokémons só se dará com o uso de internet, porém, funções como batalha, troca ou evolução do Pokémon, esteja disponível off-line, e houve muitas questões se a câmera do celular irá ter de ser utilizado a todo momento e se teremos mesmo o uso de realidade aumentada. A Nintendo também não se pronunciou sobre isso, mas olhando para tecnologia que temos hoje, creio que a utilização da câmera se dará na hora da captura e haverá sim, a utilização de realidade aumentada na hora da captura, mas não pense em algo grande como um Pokémon saindo do arbusto e sim em ele parado fazendo alguns movimentos programados.



E você deve estar se perguntando porque ainda não falei da pulseira que aparece no vídeo, se acalme criança, a hora é agora, a pulseira terá a finalidade te coletar Pokémons, ou seja, o acessório estaria ligado por Bluetooth em seu celular e irá acender e vibrar quando houver um Pokémon por perto e você poderá clicar nele para fazer a coleta, evitando assim o uso do celular a todo momento, gerando até mesmo mais segurança para o usuário do aplicativo, já que nunca se sabe onde um Charizard ou um Pikachu irão aparecer.

E para finalizar, eu queria dar um ênfase em um item do vídeo que foi a utilização somente de Pokémons da 1º Geração e a utilização de pessoas mais adultas, e o que isso tem a ver!? Tem muita coisa pois, como o jogo fará as pessoas saírem de suas casas a procura de novos Pokémons, você não irá fazer este jogo para crianças de 10 anos, prezando pela segurança deles e colocando a 1º Geração, com certeza gerou uma sensação de nostalgia em muita gente, portanto é isso pessoal as desenvolvedoras ainda têm de responder muitas perguntas como por exemplo, se teremos de viajar o mundo a procura de Pokémons!? E iremos esperar ansiosos por estas respostas.


Share:

0 comentários