Tô me apegando a tudo



Eu adoro a Isabela Freitas e o jeito que ela escreve, adoro seus livros e a essência dele, mas eu não me encaixo. Bem, eu não sou nada tranquila, muito menos de boa para pensar na questão de não me apegar à algo. Eu me apego fácil e não tem reversão.


Sempre fui muito sentimental e intensa, então, geralmente, isso me trazia algumas expectativas. Fui amadurecendo e criando mais cabeça e percebendo que colocar expectativa nas coisas ou nas pessoas não me levava muito longe, na verdade, isso me regredia. Mas me apegar? Que me desculpem minhas amigas que sofrem comigo quando eu choro no ombro delas, mas eu me apego, sim, desejo sim e vou atrás sim.

Acho que as pessoas precisam arriscar, parar de ter medo de dar um passo no escuro, parar de ter medo de sentir, de se apegar, de achar que tudo vai dar errado sempre porque o anterior não deu. Devemos olhar para nós, perceber que nosso tempo pode não ser longo e que talvez as coisas mudem de direção amanhã. Que se hoje você não fizer aquilo que quer, pode perder uma grande chance. Se apegar não é sinônimo de burrice ou de ilusão, não quer dizer que você vá sofrer.

Há pontos e pontos nesse tipo de questão, há formas de se pensar e olhar para o que está na sua frente. É esse ponto que te interessa. Como você vai saber lidar com os sentimentos e o desejo insaciável de ter um alguém do teu lado. É impossível não acabar se apegando, se sentindo nas nuvens ou com borboletas no estômago, todo mundo já passou ou vai passar por isso e não adianta dizer que não. Não depende de nós.

Tentei por inúmeras vezes ignorar o fato deu ser uma pessoa totalmente sentimental e de fácil apego. Tentei por anos não sentir nada por ninguém e ignorar todas as pessoas que se aproximavam de mim por simplesmente me admirarem. Um dia eu tomei no centro da cara porque deixei me apegar, deixei me levar por um sentimento que inflamava dentro de mim. Metáfora, eu sei e você também, mas era a melhor metáfora de todas.

Eu não sabia no que aquilo ia dar, mas deixei ir porque eu estava cansada de segurar algo que eu não tenho poder de controle. Cansada de mostrar que eu era alguém que na verdade não era. Então acho que ficar se fazendo de forte, não se apegando porque acha que tudo é igual e sempre dá errado, não é a escolha certa.

Deixa acontecer, se você sentir algo boa, bola pra frente, enfrenta. Você nunca vai depender do outro pra ser feliz e o apego é só um sentimento que te leva a querer e não depender. São vertentes opostas. Pensa nisso e para de travar teu coração porque um dia a trava pode voltar contra você.

Cranela

Share:

0 comentários